segunda-feira, 10 de março de 2014

A maior usina de energia solar do mundo

A usina Ivanpah foi inaugurada na última quinta-feira (13/02) numa região desértica da Califórnia. A maior instalação solar térmica do mundo pode gerar 392 megawatts de energia, que é suficiente para alimentar 140 mil casas do estado.






Construída pelas empresas Google, NRG Energy e BrightSource Energy, a planta se estende por 13 km² no deserto de Mojave e é composta por três torres de captação e 350 mil espelhos do tamanho de um portão de garagem cada. A luz refletida é concentrada nos painéis de captação no topo das torres, gerando calor suficiente para esquentar tanques de água e gerar vapor que, por sua vez, gira as turbinas que geram energia. Além de ser energia limpa, a sua produção equivale a uma diminuição de 400 mil toneladas métricas de dióxido de carbono que seriam emitidas à atmosfera.





No entanto, de acordo com o Wall Street Journal, a construção de Ivanpah gerou discussões a respeito dos custos e do impacto ambiental causado. Segundo especialistas, seu custo de 2,2 bilhões de dólares é aproximadamente o dobro de fontes convencionais de geração de energia e, além do custo, biólogos alegam que a obra está causando mortes de pássaros da região devido ao calor gerado próximo às torres, que pode chegar a temperaturas acima dos 500ºC.






Agentes reguladores do governo norte-americano estão prevendo um estudo de dois anos sobre o impacto das instalações nos pássaros. O porta-voz da NRG Energy, Jeff Holland, disse ser muito cedo para tirar conclusões definitivas a repeito de impactos ambientais a longo prazo. Segundo o porta-voz Joe Desmond, a BrightSource acredita no potencial da tecnologia e que o impacto nas aves pode ser contornado.





A BrightSource Energy tem planos de construir mais uma torre próxima a Palm Springs, mas a Comissão de Energia do estado da Califórnia sugeriu métodos mais convencionais de geração de energia.


















Nenhum comentário:

Postar um comentário