quarta-feira, 5 de março de 2014

Kerry Mansfield e o Aftermath



Em 2005, a fotógrafa Kerry Mansfield foi diagnosticada com um tumor no seio direito. Ela se submeteu a uma mastectomia(cirurgia de remoção completa de seio), a ciclos de quimioterapia e a cirurgias plásticas para a reconstituição do seio amputado, entre novembro de 2005 e dezembro de 2006.

Uma série de dez autorretratos, intitulada Aftermath, narra visualmente as transformações sofridas por seu corpo no decurso do tratamento.



São fotografias de beleza lancinante, que, mediante a simplicidade formal, impressionam pela coragem da modelo para se desnudar física e emocionalmente; pela dignidade que a modelo, submetida a dor e confrontada com a possibilidade da morte, conserva; pelo registro da fragilidade e da precariedade do corpo; pela personificação da finitude da existência; mas também, pela demonstração da capacidade de resistência do indivíduo, em face de uma situação extrema.


















2 comentários: