quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Norilsk - a cidade mais poluída da Rússia



Uma das maiores cidade do circulo artico , Norilsk é a cidade mais poluida da Russia e a setima do mundo isolada por milhares de quilometros de outros grandes centros da Russia onde se é possivel chegar de avião e em poucos dias do ano de barco . 

Conheça um pouco desta cidade que possui uma noite uma noite artica de 68 dias por ano e poluição em niveis alarmantes , onde quem mora la tem duas chances mais de contrair um cancer devido sua poluição .





Fundada em 1935 como um gulag, Norilsk  é uma cidade russa situada no Distrito autônomo de Taymyria, mas independente administrativamente deste. Pertence ao Krai de Krasnoiarsk. Situa-se a cerca de 240 km ao norte do Círculo Polar Ártico, sendo, entre todas as localidades a norte do Círculo, a segunda em número de habitantes (apenas ultrapassada por Murmansk). É também a cidade de mais de 100 000 habitantes situada mais a norte.

Deve o seu crescimento às minas de níquel, das maiores e mais importantes do mundo, e é um centro metalúrgico. É ligada por um caminho de ferro de 80 km ao porto oceânico de Doudinka, junto do rio Ienissei.

 As ruínas da Casa da Cultura nos mineiros vila Angra do urso. Na aldeia 90 foi dissolvida e abandonada devido a dificuldades nos serviços públicos e infra-estrutura.




Em Norilsk extrai-se cerca de 75% de toda a produção mundial de paládio.

O minério de níquel é fundido em Norilsk. Isto causa gravíssimos problemas de poluição, como chuva ácida. Segundo algumas estimativas, 1% de todas as emissões mundiais de dióxido de enxofre provêm de Norilsk. A poluição metálica nas proximidades é tão elevada que já é economicamente viável minerar o próprio solo, de tão poluído que se encontra com platina e paládio. Hoje a cidade está entre as dez mais poluídas do mundo


  Apesar do clima rigoroso, a temperatura cai abaixo de menos 50 graus, e nevascas freqüentes, a essa mina opera 24horas durante todo o ano

  Mineração é realizada em sete minas subterrâneas, que estão localizados sob  profundidades que variam 450-2050 metros



 "Norilsk Nickel" - o principal empregador do distrito. Cerca de 56% da população trabalha diretamente na fábrica ou de suas subsidiárias.



 As emissões de dióxido de enxofre e metais pesados ​​provocar doenças pulmonares, sistemas respiratório, cardiovascular e digestivo, câncer



Norilsk inverno longo e frio, com temperaturas médias de 35 graus negativos. O medidor de temperatura pode cair para -60 



Durante as longos periodos de escuridão ,as pessoas submeter-se a uma dose diária de fototerapia, com raios ultravioleta, para fortalecer os seus organismos e facilitar a assimilação de vitamina D



Estas férias de Natal alegre ... viver em um inverno rigoroso, tendo mergulhado numa noite permanente difícil. Praticamente todos funções vitais ocorre em espaços fechados com iluminação artificial










Vegetação morta pela chuva acida

Nenhum comentário:

Postar um comentário